Departamento de Engenharia Química Escola Politécnica Universidade de São Paulo

Apresentação

  

A Engenharia Química tem foco no desenvolvimento, na análise e no projeto de processos industriais químicos e bioquímicos nos quais matérias-primas são transformadas em produtos industriais. A Engenharia Química, fundamentada nos princípios da química, física e matemática, estuda processos e produtos da engenharia onde fenômenos físico-químicos são relevantes.

O engenheiro químico está habilitado para atuar nas áreas de planejamento, projeto, construção, operação, processo e gerência de plantas químicas industriais e correlatas. Também são importantes áreas de atuação do engenheiro químico: pesquisa e desenvolvimento de processos e produtos, engenharia ambiental, segurança do trabalho, engenharia de qualidade, vendas e assistência técnicas, marketing, gestão de negócios e área financeira.

O engenheiro químico pode atuar em uma grande variedade de segmentos industriais, tais como: Químico, Petroquímico, Petróleo e Gás, Biotecnologia, Celulose e Papel, Fertilizantes, Especialidades Químicas, Fármacos, Alimentos, Açúcar e Álcool, Cosméticos, Tintas e Vernizes, entre outras.

O curso de engenharia química na POLI tem o formato cooperativo, ou seja, é dividido em módulos de aulas e módulos de estágio supervisionado. A educação cooperativa é uma metodologia de ensino que promove o aprendizado contínuo através de aulas e aprendizagem baseadas no trabalho. Este modelo integra as empresas e a instituição de ensino na formação de profissionais habilitados para enfrentar o dinamismo do mercado de trabalho, o qual exige rápida adequação de função e de conhecimentos atualizados com as inovações tecnológicas voltadas ao mercado de trabalho.

Existe a possibilidade de intercâmbio internacional para realização de estágios e cursos em instituições no exterior. É ainda possível a obtenção do diploma-duplo em escolas de engenharia da França.